Rotaer Eletrônico

Entre em contato com o Rotor Central.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Brincadeira com raio laser atrapalha piloto em pouso em Londrina

image

Um piloto se preparava para pousar no Aeroporto Internacional Governador José Richa, em Londrina, quando foi atrapalhado por um raio laser verde. Isso aconteceu em outubro do ano passado e foi uma das primeiras ocorrências de uma brincadeira que parece inocente, mas pode ter graves consequências, segundo um alerta do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

As canetas de raio laser verde vêm se tornando comum, por serem vendidas abertamente e terem alto alcance, cerca de 300 metros, chamando a atenção de quem a usa, em um estádio de futebol, por exemplo. Mas apontar os raios para um avião pode ofuscar a visão do piloto, causar danos aos olhos e até mesmo um acidente aéreo.

No caso de Londrina, o piloto foi ofuscado várias vezes enquanto tentava pousar no aeroporto e o usuário da caneta ainda continuou apontando o raio, mesmo quando a aeronave já estava em solo. Desde janeiro de 2010, o Cenipa recebeu cinco relatos de raio verde laser atrapalhando pilotos, dois em Londrina e três em Belo Horizonte, o que fez a Agência Nacional de de Aviação Civil (Anac) se preocupar com a divulgação dos riscos para a prevenção de acidentes aéreos.

Apontar a caneta para um avião pode ser enquadrado no crime de atentado contra a segurança de transporte aéreo, previsto no artigo 261 do Código Penal. A lei prevê dois a cinco anos de detenção por apenas atrapalhar os voos e, caso haja acidente com mortos, o responsável pode ficar preso por até 20 anos.

O Cenipa informa que o risco de um acidente é baixo, mas por menor que seja, a possibilidade precisa ser considerada. "Se o laser atingir os olhos do piloto, ele pode causar danos a sua retina, mas a probabilidadeé muito pequena disso acontecer", informou o chefe do centro, brigadeiro Pompeu Brasil,em entrevista à TV NBR.

Raio laser verde atrapalha piloto e pode causar acidentes - google

As canetas tem alcance de quase 300 metros

O brigadeiro ainda alertou que o principal risco das canetas é desviar a atenção dos pilotos na fase em que eles mais precisam de concentração, que são os pousos e decolagens. Ele disse que os principais responsáveis pelos raios laser são as crianças e adolescentes que não sabem o perigo desse tipo de brincadeira.

Em Belo Horizonte, quando foi registrado o incômodo por causa dos raios, foi possível descobrir quem era o dono da caneta: uma criança. Os funcionários do aeroporto entraram em contato com os pais e fizeram um apelo, explicando os riscos envolvidos, fazendo um trabalho de conscientização dos adultos que muitas vezes não sabem que as canetas podem ser perigosas.

Nos Estados Unidos, problemas com as canetas são comuns e corre a proposta da criação de uma lei impedindo seu uso próximo até mesmo de carros. No Brasil, o Cenipa pede que as canetas não sejam utilizadas próximas aos aeroportos e lembra que os usuários podem ser punidos por atrapalhar o tráfego aéreo.

Fonte: http://londrina.odiario.com

0 comentários:

Postar um comentário

Radar ADS-B localizado em Itajaí-Sc alcance raio de 320 Km

Radar ADS-B ModeSMixer2

METEOROLOGIA