Rotaer Eletrônico

Entre em contato com o Rotor Central.

sábado, 2 de abril de 2011

Líder Aviação planeja investimentos em 2011

Tem planos de investimento e ampliação das operações, através da aquisição de novos helicópteros, ampliação e reforma da estrutura de hangares nos aeroportos, entre outros investimentos.

De acordo com nota da administração da empresa, desde maio de 2009 a Líder Aviação passou a contar com um novo sócio estrangeiro, a Bristow Group Inc (Bristow), um dos maiores operadores de helicópteros do mundo, que passou a deter 42,5% do capital total da Líder Taxi Aéreo S.A – Air Brasil. A Bristow Group é uma empresa norte-americana, com enorme expertise em operações de helicópteros para a indústria do petróleo, cuja atuação sempre foi marcada pela eficiência e segurança nos serviços prestados, filosofia esta que se alia perfeitamente aos valores e práticas da Lider Aviação.

“O ano de 2010 foi marcado por importantes conquistas que contribuíram para a continuação do crescimento da Líder.

Uma destas conquistas foi o início da operação de três helicópteros de grande porte, modelo Sikorsky S-92 (com capacidade para até 21 passageiros). Em novembro, nós assinamos um contrato para a compra de mais um Sikorsky S-92, cuja entrega ocorrerá em 2011.

Além disso, em agosto, assinamos um empréstimo de 10 anos, com garantia do Eximbank, para o financiamento de três helicópteros modelo Sikorsky S76C++ e 3 aviões modelo Premier IA.

Adquirimos mais um helicóptero de médio porte e também arrendamos um novo helicóptero de médio porte.

A Líder Aviação, através de uma joint venture firmada com a CAE Simuflite, firmou um contrato para a aquisição de um simulador de vôo a ser implantado no Brasil, para realização de treinamentos dos pilotos dos helicópteros Sikorsky S76A, C+ e C++. Este equipamento será o primeiro simulador de helicóptero nível D (o mais moderno e fidedigno do ponto de vista tecnológico no que diz respeito ao visual e aos movimentos) a ser implantado no Brasil.

Em 2010, adicionamos dois novos hangares em nossa estrutura, no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte (MG) e no Aeroporto de Vitória (ES).

Em complemento ao crescimento médio obtido nos últimos 3 anos de 5,1% ao ano (CAGR – Compound Annual Growth Rate), no ano de 2010 alcançamos um crescimento de 4,9% na receita líquida consolidada e atingimos um EBITDA (lucro antes do resultado financeiro, impostos sobre o lucro, depreciação e amortização) de R$76.900 mil.

Agradecemos o empenho e dedicação dos mais de 1.700 colaboradores da Lider Aviação, em reconhecimento aos resultados atingidos em 2010”, comentou a administração em nota.

Modelo de Negócio- “A Líder Aviação tem como missão oferecer soluções personalizadas em aviação executiva, com segurança, agilidade e qualidade dos seus produtos e serviços.

Somos líderes no mercado de aviação executiva, tanto em relação ao tamanho da frota, quanto ao número de horas voadas e receita operacional.

Somos a única empresa do Brasil que possui uma estrutura integrada de serviços, atuando em todos os segmentos da aviação executiva. Nossas operações estão estruturadas nas seguintes unidades de negócios: . Operações de Helicópteros, principalmente para a indústria de petróleo |. Fretamento e Gerenciamento de Aeronaves |.Manutenção de Aeronaves |.Atendimento Aeroportuário |. Vendas de Aeronaves Executivas |. Serviços de Aviação Geral, como reparo de pás de helicópteros, corretagem de seguros aeronáuticos e venda de treinamentos e programas de simuladores de voos.

Esse modelo de negócio permite-nos oferecer soluções personalizadas aos nossos clientes, através de um mix diversificado de serviços e produtos, mostrando-se eficiente na atração e retenção de clientes.

Adicionalmente, tal modelo gera a otimização dos custos e a criação de ganhos de escala, com benefícios para nossos clientes e acionistas.

A Líder Aviação opera a maior frota de aeronaves executivas do Brasil e, em 31 de dezembro de 2010, contávamos com 53 helicópteros na Unidade de Operações de Helicópteros e 29 aeronaves (entre aviões e helicópteros) na Unidade de Fretamento e Gerenciamento de Aeronaves”, emendou a nota.

Desempenho Econômico-Financeiro – 2010: Receita operacional bruta- A receita operacional bruta consolidada apresentou aumento de 4,4% em 2010, em relação a 2009, alcançando o valor de R$639.704 mil. Esta evolução foi alcançada através do aumento do faturamento das Unidades de Operações de Helicópteros, Fretamento e Gerenciamento de Aeronaves e Atendimento Aeroportuário.

Ebitda Ajustado- No ano de 2010, atingimos um Ebitda (lucro antes do resultado financeiro, impostos sobre o lucro, depreciação e amortização) de R$76.833 mil, 3,1% a baixo do Ebitda de 2009, que foi de R$79.334 mil.

Lucro líquido- O lucro líquido consolidado passou de R$67.552 mil em 2009, para um lucro líquido de R$41.852 mil em 2010. O lucro líquido do ano de 2009 apresentou um impacto positivo muito forte em função do resultado de variação cambial, que, por sua vez, decorre do efeito da queda da taxa de câmbio sobre os passivos financeiros da Lider Aviação. “Se desconsiderarmos o resultado de variação cambial nos resultados de 2009 e 2010, o lucro de 2010 apresentou um crescimento de 25% em relação ao ano anterior”, frisa em nota.

Perspectivas para 2011- “Em 2011, daremos prosseguimento aos nossos planos de investimento e ampliação das operações, através da aquisição de novos helicópteros, ampliação e reforma da estrutura de hangares nos aeroportos, entre outros investimentos”, adianta a nota.

Fonte: http://www.revistafator.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Radar ADS-B localizado em Itajaí-Sc alcance raio de 320 Km

Radar ADS-B ModeSMixer2

METEOROLOGIA