Rotaer Eletrônico

Entre em contato com o Rotor Central.

sábado, 3 de julho de 2010

A Líder Aviação acaba de receber mais dois helicópteros Sikorsky S-92, para operação em plataformas do pré-sal da Petrobras. O início das operações está previsto para julho deste ano. Com a aquisição, a frota de helicópteros de grande porte da Líder chega a três aeronaves, a maior da América Latina. O S-92 é o maior helicóptero do segmento executivo, com quase 20 metros de comprimento e capacidade para 21 passageiros, incluindo dois pilotos e um comissário de bordo. Possui autonomia de voo de cinco horas, a melhor dentre os helicópteros da categoria. Seu valor de mercado é US$ 27 milhões.

image image

As aeronaves da Líder estão equipadas com aviônicos de última geração, que atendem às exigências específicas para operação em plataformas pré-sal, como:

- TCAS (Traffic Collision Avoidance System): sistema de segurança de vôo cujo objetivo é evitar a colisão entre aeronaves no ar;

- GPWS (Ground Proximity Warning System): sistema de segurança de voo cujo objetivo é alertar o piloto sobre o perigo imediato de colisão com o solo ou outro obstáculo.

- FMS (Flight Management System): sistema de gerenciamento de dados de voo;

- ADELT (Automatically Deployable Emergency Locator Transmitter): sistema de segurança de voo cujo objetivo é localizar a aeronave automaticamente.

Em março último, a Líder Aviação assinou contrato com a Petrobras para operar com três Sikorsky S-92 em plataformas do pré-sal. A Líder e a Petrobras são parceiras desde 1972, quando houve o início dos trabalhos de suporte de óleo e gás (offshore) nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A exploração do pré-sal apresenta exigências específicas, em função da distância das plataformas em relação ao continente, principalmente as localizadas na Bacia de Santos. “Quando falamos sobre o alcance das aeronaves, as exigências nunca foram tão extremas, chegando até a 220 milhas náuticas (396 km). A Líder Aviação é a única empresa no Brasil, com infraestrutura implantada para viabilizar uma operação deste porte”, afirma o presidente da Líder, Eduardo Vaz.

As operações serão baseadas no Aeroporto de Jacarepaguá, onde a Líder mantém o maior e mais bem equipado hangar do Estado do Rio de Janeiro, capaz de acomodar até seis helicópteros S-92 conjuntamente, proporcionando um ganho em produtividade e segurança único no mercado.

Fonte: Aeromagazine

0 comentários:

Postar um comentário

Radar ADS-B localizado em Itajaí-Sc alcance raio de 320 Km

Radar ADS-B ModeSMixer2

METEOROLOGIA