Rotaer Eletrônico

Entre em contato com o Rotor Central.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Pouso de helicóptero da SSP danifica lojas e machuca moradores em Ponte Alta

O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP) realizou um pouso desastrado na tarde desta terça-feira, 11

image

O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP) realizou um pouso desastrado na tarde desta terça-feira, 11, na praça central da cidade de Ponte Alta do Tocantins, causando prejuízos a lojistas e moradores da cidade.
Segundo Ronan Barros, que mora em frente à praça, o helicóptero pousou em local impróprio. “Esse helicóptero não podia ter pousado aqui, até porque não existia emergência nenhuma que justificasse esse pouso”, reclamou o morador.
Barros disse ainda que varias casas do entorno ficaram danificadas, janelas foram quebradas e lojas parcialmente destruídas além de algumas pessoas ficaram feridas por causa de vidros arremessados pelos ventos das hélices. “O vento foi tão forte que quase empurrou um senhor de idade para dentro de uma casa. Ele poderia ter se machucado muito”, explicou o Barros.
Marcos Rangel Mascarenhas, funcionario da loja atingida, teve ferimentos na cabeça Durante o pouso, umas das lojas em frente a praça, teve sua vidraça quebrada atingindo um funcionário e uma das clientes que estava dentro do estabelecimento. "O vento que a aeronave fez quebrou o blindex da minha loja e machucou as pessoas lá dentro", afirmou Erasmos Ruffo.
Ronan Barros e Erasmo Ruffo informaram ainda que iram fazer uma denúncia aos órgãos competentes para que esse tipo de ação não volte a ocorre na cidade.
Em contato com a delegacia de polícia de Ponte Alta, um funcionário afirmou que o helicóptero é da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e que os agentes pousaram na cidade para fazer algumas notificações na delegacia, pois estavam procurando focos de incêndio.
Segundo a assessoria de comunicação da SSP, o helicóptero pousou na praça, porque a pista de pouso estava interditada e não havia outro local onde pudesse realizar o pouso. Ainda segundo a SSP, pousos e decolagens só podem ser autorizados pela Casa Militar.
O chefe da Casa Militar, coronel Luiz Cláudio Benício, entrou em contato com o CT na tarde desta terça-feira, 11, informando que o piloto responsável pelo pouso enviará nota à redação, contando a versão dele sobre os fatos. O coronel Benício informou também que irá procurar as pessoas prejudicadas pelo pouso do helicóptero para conversar e se inteirar sobre o que de fato aconteceu. "Não temos intenção de causar prejuízo a ninguém", afirmou.

Fonte: http://surgiu.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

Radar ADS-B localizado em Itajaí-Sc alcance raio de 320 Km

Radar ADS-B ModeSMixer2

METEOROLOGIA